O Google tem o compromisso de promover a igualdade racial para as comunidades negras. Saiba como.

Primeiros passos com o Firebase Realtime Database para Unity

O Firebase Realtime Database armazena e sincroniza dados com o nosso banco de dados na nuvem NoSQL. Os dados são sincronizados em todos os clientes em tempo real e permanecem disponíveis mesmo quando seu app fica off-line.

Antes de começar

Antes de usar o Realtime Database, você precisa:

  • registrar seu projeto do Unity e configurá-lo para usar o Firebase.

    • Se o projeto do Unity já usa o Firebase, ele já está registrado e configurado para essa plataforma.

    • Se você não tiver um projeto do Unity, faça o download de um app de amostra.

  • Adicione o SDK do Firebase para Unity (especificamente, FirebaseDatabase.unitypackage) ao seu projeto do Unity.

Adicionar o Firebase ao seu projeto do Unity envolve tarefas no Console do Firebase e no projeto aberto do Unity. Por exemplo, fazer o download dos arquivos de configuração do Firebase no console e movê-los para o projeto do Unity.

Criar um banco de dados

  1. Navegue até a seção Realtime Database do Console do Firebase. Aparecerá uma solicitação para selecionar um projeto atual do Firebase. Siga o fluxo de trabalho de criação do banco de dados.

  2. Selecione um modo inicial para suas regras de segurança do Firebase:

    Modo de teste

    Esse modo é ideal para começar a usar as bibliotecas de cliente em dispositivos móveis e na Web, mas ele permite que qualquer pessoa leia e substitua os dados. Após o teste, revise a seção Noções básicas das regras do Firebase Realtime Database.

    Selecione o modo de teste para começar a usar o SDK para Android, iOS ou da Web.

    Modo bloqueado

    Nega todas as leituras e gravações de clientes de dispositivos móveis e Web. Seus servidores de aplicativos autenticados ainda podem acessar seu banco de dados.

  3. Escolha uma região para o banco de dados. Dependendo da escolha da região, o namespace do banco de dados terá o formato <databaseName>.firebaseio.com ou <databaseName>.<region>.firebasedatabase.app. Para mais informações, consulte selecionar locais para seu projeto.

  4. Clique em Concluído.

Ao ativar o Realtime Database, também é ativada a API no Cloud API Manager.

Como configurar o acesso público

O Realtime Database oferece uma linguagem de regras declarativas para que você defina como os dados devem ser estruturados e indexados, e quando podem ser lidos e gravados.

A seguir