Join us for Firebase Summit on November 10, 2021. Tune in to learn how Firebase can help you accelerate app development, release with confidence, and scale with ease. Register

Primeiros passos com o Firebase Realtime Database para C++

Os dados são armazenados e sincronizados pelo Firebase Realtime Database com um banco de dados NoSQL hospedado na nuvem. Os dados são sincronizados em todos os clientes em tempo real e permanecem disponíveis quando seu app está off-line.

Antes de começar

Antes de usar o Firebase Realtime Database, você precisa:

  • Registrar seu projeto em C++ e configurá-lo para usar o Firebase

    Se o projeto em C++ já usa o Firebase, então ele já está registrado e configurado para o Firebase.

  • Adicionar o SDK do Firebase para C++ ao seu projeto em C ++.

A adição do Firebase ao projeto em C++ envolve tarefas no Console do Firebase e no projeto em C++ aberto (por exemplo, você faz o download dos arquivos de configuração do Firebase no console e os move para o projeto em C++).

Criar um banco de dados

  1. Navegue até a seção Realtime Database do Console do Firebase. Aparecerá uma solicitação para selecionar um projeto atual do Firebase. Siga o fluxo de trabalho de criação do banco de dados.

  2. Selecione um modo inicial para suas regras de segurança do Firebase:

    Modo de teste

    Esse modo é ideal para começar a usar as bibliotecas de cliente em dispositivos móveis e na Web, mas ele permite que qualquer pessoa leia e substitua os dados. Após o teste, revise a seção Noções básicas das regras do Firebase Realtime Database.

    Selecione o modo de teste para começar a usar o SDK do Android, iOS ou da Web.

    Modo bloqueado

    Nega todas as leituras e gravações de clientes de dispositivos móveis e Web. Seus servidores de aplicativos autenticados ainda podem acessar seu banco de dados.

  3. Escolha uma região para o banco de dados. Dependendo da escolha da região, o namespace do banco de dados terá o formato <databaseName>.firebaseio.com ou <databaseName>.<region>.firebasedatabase.app. Para mais informações, consulte selecionar locais para seu projeto.

  4. Clique em Concluído.

Ao ativar o Realtime Database, também é ativada a API no Cloud API Manager.

Criar e inicializar o firebase::App

Antes de acessar o Realtime Database, você precisará criar e inicializar firebase::App.

Inclua o arquivo de cabeçalho de firebase::App:

#include "firebase/app.h"

Android

Para criar o firebase::App, transmita como argumentos o ambiente JNI e uma referência jobject à atividade Java:

app = ::firebase::App::Create(::firebase::AppOptions("APPLICATION NAME"), jni_env, activity);

iOS

Crie o firebase::App:

app = ::firebase::App::Create(::firebase::AppOptions("APPLICATION NAME"));

Acessar a classe firebase::database::Database

firebase::database::Database é o ponto de entrada do SDK em C++ para Firebase Realtime Database.

::firebase::database::Database *database = ::firebase::database::Database::GetInstance(app);

Se você escolheu usar regras de acesso público, acesse as seções de como salvar e recuperar dados.

Configurar acesso restrito

Se você não quiser usar o acesso público, adicione o Firebase Authentication ao seu app para controlar o acesso ao banco de dados.

Próximas etapas

Problemas conhecidos

  • Em plataformas de computador (Windows, Mac, Linux), o SDK em C++ do Firebase usa o REST para acessar seu banco de dados. Sendo assim, é preciso declarar os índices que você usa com Query::OrderByChild() no computador para evitar falha nos listeners.
  • A versão do fluxo de trabalho para computadores do Realtime Database não é compatível com a persistência ou com o uso off-line.